terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Together Forever - Capítulo 3 "Até logo"


''Eu olho profundamente nos seus olhos, Eu toco você cada vez mais, Quando você vai embora, imploro para você não ir..." Crazy In Love-Beyoncé


- Amor o que aconteceu? Por que está chorando? –disse Chris sentando-se ao meu lado. Abracei-o.
- Chris... eu vou embora. –disse abraçando-o mais forte.
O QUÊ ?

Chris POV

Estava indo tudo tão bem e de repente meu mundo inteiro desmoronou. Parecia que eu tinha levado uma facada no peito, posso parecer novo demais pra falar isso, mas se você estivesse na minha situação sentiria a mesma coisa. Ouvir a pessoa que você ama falando que vai embora é muito doloroso, e foi mais doloroso ainda vê la sair dos meus braços e ir para o carro que veio busca-la sem ao menos olhar pra mim. Eu sei que tenho que impedir isso, que se não impedir talvez nunca mais a veja, mas eu simplesmente não consigo fazer nada... não consigo agir. Desde o momento em que a porta do carro foi fechada a única coisa que faço é chorar e chorar. Estou a caminho de casa junto de Caitlin e ela está tentando seriamente me consolar mas tenho certeza de que isso será impossível, a única coisa que me fará bem agora é a Mel aqui comigo em meus braços dizendo que ficará tudo bem ou que isso é apenas um pesadelo, mas sei que isso não vai acontecer .... Infelizmente.

- Mãe, chegamos .... –disse Caitlin fechando a porta de casa.
- Oi meus amo...O que aconteceu? –perguntou minha mãe, depois de reparar o meu estado : cara inchada, olhos vermelhos e inchados, e rosto lavado em lágrimas.
- Ela vai embora mãe... –disse me jogando no sofá e deixei que mais lágrimas caíssem.
- Oh meu filho, não fica assim, ela vai mas volta. –disse mamãe sentando no sofá e colocando minha cabeça em seu colo.
- Não volta não mãe, eu sei que se ela for, não volta.
- Então tente faze-la não ir. –disse mamãe passando as mãos em meus cabelos.
- Isso é uma boa ideia, pode não funcionar mais é uma boa ideia. –disse sentando direito no sofá. Na verdade aquela era uma ótima ideia.
[...]

- Mel... Ô Mel.. –disse batendo na porta de vidro da “varandinha” de seu quarto, depois de ter subido até lá. Ela estava lá arrumando sua mala, percebi que ela estava com o rosto inchado e isso me partiu mais ainda o coração, só de pensar na possibilidade de ela ter passado a tarde toda chorando. Assim que ela me viu abriu um sorriso, mais seus olhos transmitiam tristeza.
- Chris... o que faz aqui? – disse abrindo a porta e dando passagem para eu entrar.
- Eu tinha que tentar fazer você desistir dessa loucura. –disse puxando ela pela cintura, colando nossos corpos, me arrepiei com isso e percebi que aconteceu o mesmo com ela.
- MEL, JÁ ARRUMOU SUAS COISAS? –gritou o pai de Mel, parecia que ele estava na sala.
- ESTOU TERMINANDO PAPAI. –gritou ela de volta.
- Então é isso... você vai me deixar? –perguntei, segurando-me para não chorar na presença dela.
- Chris eu nunca vou te deixar, é só que papai precisa fechar um negócio e eu e mamãe temos que ir junto com ele... Eu juro que tentei de tudo para ficarmos, todos nós, mas papai precisa e eu não aguentaria deixar ele lá sozinho. –disse enquanto termina de fechar sua mala. – Então... –disse virando-se em direção a porta, segurei seu braço.
- Não posso e não vou deixar você fazer isso. Você me prometeu! –disse deixando um lágrima cair.
- Eu não tenho escolha. Mas nunca se esqueça que te amo. –disse ela chorando. Beijei-a.
- Por ...-beijo- favor...-beijo- não...-beijo- me...-beijo- deixe...-beijo.
- Eu tenho que ir, mas eu volto e você pode me ligar ou eu te ligo, nós vamos manter contato.. Só não torne isso mais difícil do que está sendo. –disse chorando.

Beijei-a novamente, talvez fosse a última vez que eu iria vê-la.  – Eu te amo e sempre vou te amar. –disse e logo depois dei dois longos selinhos nela. – E pra que você nunca se esqueça de mim, quero que fique com isso.- disse tirando o meu cordão. – Minha mãe disse que eu deveria dar esse cordão para o meu verdadeira amor, e bom.. acho que nunca vou amar alguém como eu te amo. –disse colocando o cordão nela e beijando-a novamente, precisava sentir ao máximo seus lábios no meu, e aproveitar cada segundo em que eu pudesse tê-la só para mim, em meus braços onde é o lugar dela.
- Eu te amo, Chris.. te amo muito, nunca se esqueça disse. Nunca se esqueça do nosso amor, nunca se esqueça de mim. –disse ela e logo depois tomou meus lábios. –Eu te amo ...-disse ela após separar nossos lábios com selinhos.
- Está na hora, mel –disse sua mãe, aparecendo na porta.
- Estou descendo...- disse e virou-se para mim – Me ajuda, amor?

Assenti e desci com uma de suas malas, colocando-a no porta-malas do carro de seu pai.

- Tchau Tia Rose –disse beijando sua bochecha e a abracei- Tchau Tio Andrew- disse fazendo um toque com ele e logo depois o abraçando.
- Tchau Chris.. –disse os dois em coro e entraram no carro, deixando só eu e Mel.
- Bom.. – interrompi-a selando nossos lábios, pedi passagem para minha língua e ela cedeu, assim iniciamos um beijo, romântico e apaixonado, suave e carinho, enfim...cheio de amor.
- Eu te amo, meu amor. –disse depois de separar nossos lábios.
- Eu também te amo, amor.
- Juntos pra Sempre? –perguntei com um sorrisinho no rosto.
-Juntos pra Sempre! –disse ela rindo e iniciamos outro beijo.
- Então.. até logo. –disse dando um logo selinho nela.
- Vão demorar muito ai ? –disse tia Rose, colocando a cabeça para fora da janela. Rimos.
- Até logo. –disse me dando um selinho. –Nos vemos por ai ..-disse piscando pra mim e entrando no carro.
Acenei e assim eu vi uma das pessoas mais importantes da minha vida indo embora.

6 anos depois...

- Hum gatinho, vamos tomar um banho? –disse a menina que eu não me lembro o nome com um sorriso malicioso no rosto.
- Não, agora você vai pegar suas roupas, que eu tenho que estudar. –disse levantando e colocando minha box branca que estava no chão. Percebi que ela ainda estava na cama e acompanhava cada movimento meu, mordendo os lábios. Ri disso –Tu não escutou o que eu falei não? Vamos... eu tenho que estudar. –disse colocando minha calça de moletom.
- Ahh gatinho...vai me trocar por uns livros? – disse ela vindo em minha direção, chegou perto de mim e deixou o lençol cair, mordi os lábios com isso.
- Vou..- disse pegando o vestido dela e entregado-lhe. –Sério..foi bom, mais eu tenho que estudar. – Qualé eu posso ser “O pegador” como muito dos meus amigos falam, mais eu nunca coloco nada na frente dos meus estudos, afinal quero ser alguém na vida.
- Tudo bem..- disse ela bufando. Desci as escadas e fui até a cozinha, peguei um pouco de água e fui bebendo, coloquei o copo na pia e quando me virei ela estava lá.
-Tem certeza disso? –perguntou aproximando-se.
- Tenho..-disse indo até a porta e abrindo- a, se ela insistisse mais um pouco eu não ia resistir e ai seria :"Olá surra da Dona Sandy".
-Ok. Deveríamos repetir a noite. –disse parando em minha frente.
- Pode ter certeza que vamos. –disse puxando-a pela cintura e a beijando. –Mas.. não hoje. –disse me separando dela, dando um tchauzinho e fechando a porta. –Quem sabe daqui a alguns meses, tu até que era gostosa. –disse pra mim mesmo. Subi as escadas e comecei a estudar. Bom... a noite vai ser longa.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Helloooooooooooooooooooou minhas lindas, tudo bem?

Cara, 4 comentários? Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee \o/ Tamo aumentando os coments hein.. to gostando de ver. E eu ameeeei os comentários, espero que as lindas que comentaram, comentem de novo e que as outras leitoras comentem também, ok? Porque ta tendo um bando de visualização e poucos comentários...
Bom o que acharam do capítulo? 
Eu fiquei triste escrevendo a despedida deles :'( Como perceberam agora a história comentou de verdade, vai ficar melhor eu prometo.

Antes que eu esqueça.. Merry Christmas! As Beliebers tudo escutando UTM né?Bom.. eu sim, meu natal foi todo a base disso. kkkkk' 

Então é isso gente.. Comentem bastante!

Kisses da Purple :*




4 comentários:

  1. estou gostando muiiiiiiiiiiito
    se você puder da uma olhadinha e segue meu blog de ib ?
    ib-swag-on-you.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Continuaaaa e carai ela não tinha que ir embora.

    Obs: Leitora nova

    ResponderExcluir
  3. Continua!!! Oi sou leitora nova mas sempre acompanhava o seu outro blog e adorava ,sinceramente virei sua fã!!!

    A meu nome é Giovana!! Bjj.

    ResponderExcluir

Comente e estimule a autora do Imagine a escrever.