sábado, 23 de fevereiro de 2013

Opposites Attract: Capítulo 6 - Party and deception

3016837889_1_3_o5zmutj7_large
"I think part of me knew the second I saw him that this would happen"
(I Knew You Were Trouble - Taylor Swift)

Atlanta, sexta-feira, 9:40PM
A festa do Christian já estava rolando a alguns minutos e eu estou deitada na minha cama tentando ler um livro que ganhei de um tio. Minha mãe saiu com umas amigas e não deve chegar tão cedo em casa.
Depois de ficar quase 2 horas lendo o livro, decidi ir comer alguma coisa, já que a minha barriga já estava fazendo barulhos altos. Deixei o livro em cima da cama e caminhei até a cozinha, enquanto cantava Merry Go Round do Tanner Patrick. Decidi comer pipoca mesmo, então coloquei ela no microondas e fiquei dançando e cantando igual uma retardada enquanto ela estourava.
xxx: Você tem problemas mentais? - Alguém disse atrás de mim.
Kimberly: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!
xxx: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!
Kimberly: Porra Christian, tá doido?! Quase tive um infarto! - Disse regularizando a respiração.
Christian: Desculpa. - Disse rindo. Wow, ele estava lindo.
Kimberly: Tá, tá. Então... o que veio fazer aqui? - Perguntei indo ver se a pipoca já estava boa.
Christian: Eu que pergunto: o que você tá fazendo aqui?
Kimberly: Que eu me lembre, eu moro aqui. - Tirei a pipoca do microondas e coloquei em uma tigela.
Christian: E que eu me lembre você disse que iria a minha festa. - Ele pegou uma pipoca e a comeu.
Kimberly: Eu decidi não ir.
Christian: Por que? Vai ser legal. - Disse me seguindo até o meu quarto.
Kimberly: O problema não é a festa e sim as pessoas que vão estar lá.
Christian: Que que tem as pessoas?
Kimberly: E você ainda pergunta? - Liguei a TV e deitei na cama, enquanto Christian ficou em pé.
Christian: Vai por mim.
Kimberly: Aí que eu não vou mesmo.
Christian: Essa doeu. - Disse com a mão no coração e eu ri. - Poxa, vamos lá, Kimberly. Vai tá legal e eu não deixo ninguém te perturbar. Vou ficar o tempo todo do seu lado. - Disse e eu quase me joguei nos braços dele. Quase.
Kimberly: Não, prefiro ficar aqui.
Christian: Então vou ficar aqui com você. Chega pra lá. - Disse me empurrando e deitando do meu lado.
Kimberly: Vão colocar fogo na sua casa.
Christian: Só saio daqui se você for junto. - Bufei. Que coisa, como ele consegue ser tão irritante?
Kimberly: Tá, eu vou, mas só vou ficar lá por alguns minutos. - Levantei da cama e lhe entreguei a tigela de pipoca.
Christian: Ok. Vou ficar te esperando aqui. - Assenti e fui até o closet. Fiquei pensando em que roupa usar e decidi vestir o vestido que a minha mãe me deu a alguns dias atrás. Me vesti, fiz um make e deixei meu cabelo solto. Tá ótimo, é só pra ir na casa do Christian mesmo.
Kimberly: E então, como eu estou? - Disse para Christian e rodei no lugar.
Christian: Horrível. - Disse com um sorriso no rosto.
Kimberly: Imaginei. - Ri. Peguei a tigela de pipoca e meu celular e comecei a andar até a cozinha.
Christian: É brincadeira, você tá linda. - Disse me seguindo.
Kimberly: Obrigada, você também tá. - Ele sorriu.
Christian: Eu sei. - Ri.
Kimberly: Idiota.
Christian: Chega de elogios, vamos logo.
Kimberly: To indo, apressado. - Disse seguindo ele até a porta de casa. A tranquei e caminhei com ele até a casa dele. Assim que chegamos, a festa parou e todos olharam para nós. Senti minhas bochechas corarem e Christian riu.
Christian: Fica tranquila, depois eles acostumam. - Sorri fraco e segui Christian até a cozinha. - Quer beber o que?
Kimberly: Refrigerante, se tiver. - Ele assentiu e me entregou um copo vermelho com coca-cola dentro. - Não tem nada nessa bebida não né?
Christian: Tem veneno de rato. - Ri.
Kimberly: Bem capaz de ter mesmo. - Ele riu.
Christian: Não sou tão mal assim.
Kimberly: Vai saber né...
Natasha: Chriiiiiiiis! - A voz irritante ecoou pela cozinha.
Christian: Puta que pariu. - Disse baixo e eu ri.
Kimberly: Boa sorte com sua namorada. - Disse e saí dali, não suporto a Natasha.
Comecei a caminhar pela casa do Christian, mas tinha muita gente e estava apertado, então decidi sentar em uma poltrona na sala enquanto tomava meu refrigerante.
Aquilo estava totalmente chato, pessoas se beijando, algumas garotas dançando igual putas e garotos se esfregando nelas, pessoas bebendo e fumando e coisas muito piores provavelmente estavam acontecendo no andar de cima da casa. Decidi ficar ali só mais alguns minutos, já que Christian fazia tanta questão.

- narrado por Christian -
Natasha: Chris, porque estava falando com aquela esquisita? - Disse pendurada no meu pescoço.
Christian: Primeiro: ela não é esquisita, segundo: eu já falei mil vezes que não gosto que me chamem de Chris e terceiro: porque insiste em me perseguir? Nós não temos nada, já te disse. - Disse a afastando e procurando Kimberly com o olhar, mas ela já tinha se misturado no meio das pessoas.
Natasha: Não temos nada? E as noites de prazer que eu te proporcionei, não eram nada? - Perguntou com as mãos na cintura e eu revirei os olhos.
Christian: Era apenas diversão, já te disse. Agora me deixa em paz que eu tenho mais o que fazer. - Disse saindo dali e indo procurar Kimberly, mas esbarrei em Brandon, que derramou alguma bebida na minha roupa.
Christian: Puta que pariu, Brandon! - Disse enquanto olhava minha roupa toda molhada.
Brandon: Foi mal aí, Christian.
Christian: Tá, tá. - Disse e saí dali apressado, indo em direção ao meu quarto. Precisava trocar minha blusa antes de ir procurar Kimberly. Assim que cheguei no quarto encontrei duas pessoas que eu não fazia a miníma ideia de quem era se agarrando na minha cama, o que me deixou muito nervoso.
Christian: PORRA, O QUE É ISSO AQUI? TÁ ESCRITO "ZONA" NA PORTA DO QUARTO POR ACASO? - Gritei e eles me olharam assustados.
xxx: De-desculpa. - Disse a garota e eles saíram correndo dali. Bufei e arranquei a roupa de cama dali, a jogando no chão. Precisaria mandar a empregada colocar roupa de cama nova.
Entrei no closet e troquei a minha blusa. Saí do quarto e tranquei a porta. Agora sim poderia procurar a Kimberly.
Desci a escada correndo, como sempre fazia, e no final dela esbarrei novamente em Brandon.
Brandon: Mas você me ama heim. - Disse rindo e eu ri também.
Christian: Nem se eu fosse louco. - Ele me mostrou o dedo do meio.
Brandon: E a aposta? Seu tempo tá acabando heim.
Christian: Esquece isso, eu não vou fazer essa aposta.
Brandon: Sabia que ia desistir, é um viadinho mesmo. - O olhei com raiva. Agora ele iria ver quem é o viadinho.
Saí empurrando todos que estavam na minha frente e vi Kimberly mexendo no celular. Quando ela me viu, ia dizer algo, mas eu a interrompi com um beijo.
- fim da narração do Christian -

Christian me beijou com voracidade e não sei porque, mas eu correspondi. No começo eu resisti, mas depois eu me entreguei. Christian beijava muito bem, então talvez esse seja o motivo para eu não ter afastado dele, ou então, seja porque eu estou sentindo um pouco de atração por ele.
Nós nos beijamos até o ar faltar e quando nos separamos pude ver todos olharem para a gente e tirarem fotos, me fazendo corar.
Peter: Aê Christian, achei que nunca ia cumprir a aposta. - Ele gritou e eu olhei com raiva para o Christian. Então ele só se aproximou de mim por causa de uma aposta?



Oláááááá queridas pessoas *o*
Dessa vez não demorei tanto pra postar ;)
Enfim, irei responder os comentários de vocês:
Adriana Souza: Continuei (;
Mina do JB: Seja bem-vinda e muito obrigada :D
Julia: Todas as suas perguntas estão respondidas lol  Obrigada por comentar :)
Isa Belieber: Não foi isso que aconteceu :(
Evellyn Martins: Continuei :)
Pronto, respondi. Obrigada a quem comentou e até o próximo capítulo ;*

6 comentários:

  1. Oh God, não acredito que o Christian foi capaz de fazer uma coisa dessa com a Kim. Poxa, eles estavam se dando tão bem! E agora eles vão se odiar kk :/ E essa Natasha irritante? Ninguém merece ela!! Ficou perfeito baby, beijos!

    ResponderExcluir
  2. Cara pq esse ral de Peter num fico queto QueBOSTA.. vou matar ele. E o Chris tinha desistido so foi la pra provar q ell nn era oq diziam.. aff kkk. poxa agr a vai fucar boladona com ele :(

    ResponderExcluir
  3. Continuaa e esse Peter não era pra abrir a boca, agora a Kimberly vai querer matar o Christian

    ResponderExcluir
  4. Puts , porq esse tal de Peter foi abrir a boca ?? ://
    Continua , ta perfeito de mais :D

    ResponderExcluir
  5. Mano comecei a ler sua #IB hoje e já adoreeei *-* Continua pelo amor de Deus gata rs *u*

    ResponderExcluir

Comente e estimule a autora do Imagine a escrever.